fbpx

A ascensão da sustentabilidade como parte fundamental da gestão

A ascensão da sustentabilidade como parte fundamental da gestão

A ascensão da sustentabilidade como parte fundamental da gestão

A gestão da sustentabilidade é um assunto que vem ganhando força há alguns anos. Isso se deve ao fato de termos agido de forma devastadora nas últimas décadas, o que desencadeou diversos impactos ambientais.

Os interesses econômicos e o consumismo excessivo são fatores predominantes para chegar no nível em que estamos hoje. Basta se informar um pouco sobre como está a saúde do planeta atualmente, para saber que as próximas gerações correm sérios riscos de se depararem com um planeta sem vida.

Contudo, apesar de ter havido crescimento na conscientização ambiental, ainda não é o suficiente para reverter, ou ao menos amenizar, a situação na qual nos encontramos. O planeta pede socorro e, apesar de tudo, a pandemia pode trazer mudanças necessárias.

Gestão de sustentabilidade

Muitas empresas já possuem políticas e práticas sustentáveis, já que tanto os consumidores, como também o próprio planeta, já vinham motivando algumas condutas e ações nesse sentido.

Entretanto, há duas coisas para levarmos em consideração nesse sentido:

  1. Adotar práticas e políticas sustentáveis, não significa ser uma corporação sustentável, aliás, muito longe disso.
  2. Algumas empresas ainda conseguem passar uma imagem de sustentabilidade, que na verdade não existe, mas isso se torna cada vez mais difícil. Isso porque, temos uma sociedade cada vez mais informada e exigente. E ainda, um planeta que tem nos mostrado de diversas formas que irá sucumbir se não adotarmos novas condutas o quanto antes.

O que isso quer dizer? Quer dizer que ações superficiais já não são suficientes. E digo mais, se mostrar uma empresa sustentável e consciente para ter um marketing atraente já não tem a mesma força para atrair o consumidor. E muito menos, para continuar produzindo, já que sim, os recursos do planeta são finitos.

Com isso, podemos concluir que tanto no quesito lucratividade, como no quesito sustentabilidade, as empresas precisam enraizar culturas que vão ao  encontro da conscientização ambiental. Se até hoje, a tecnologia foi utilizada pensando predominantemente em dinheiro e poder, a partir agora, isso precisa mudar.

Isso porque, para ter dinheiro e poder é preciso, não só conquistar o consumidor, mas também garantir que o nosso planeta continuará gerando os recursos que nos dão vida e nos permitem continuar evoluindo.

O que a pandemia tem a ver com gestão e sustentabilidade?

A preocupação dos consumidores em passar a consumir produtos naturais e/ou de empresas que se mostram ambientalmente responsáveis já é algo notável há algum tempo. Porém, a pandemia do coronavírus, foi um choque para todos nós e ocasionou diversas reflexões.

Com isso, as pessoas tem se conscientizado cada vez mais sobre os cuidados que devemos ter com o planeta. Essa conscientização tende a trazer consumidores ainda mais social e ambientalmente responsáveis na sociedade pós pandemia.

Isso significa que as organizações precisam começar a pensar em estratégias sustentáveis para seus serviços, produtos e processos. Ou seja, por mais irônico que possa ser, investir em sustentabilidade tem se tornado cada vez mais importante para a lucratividade e crescimento de qualquer negócio.

Os impactos da pandemia já foram sentidos, minimiza-los e garantir a sobrevivência do negócio deve ser o foco no momento. Portanto, não é momento de medir esforços e o primeiro passo é saber o fator econômico está indo ao encontro de fatores sociais e ambientais.

Como nutrir uma gestão sustentável?

Já falamos aqui no blog sobre a importância da gestão de mudanças e inovação. Bom, se você ainda não havia se atentado para a importância disso, a hora é agora.

Estamos vivendo um momento de transição, onde as mudanças são inevitáveis e mudar é fundamental. Portanto, analise profundamente o seu negócio e identifique tudo que precisa ser modificado, ou até mesmo, aprimorado.

A gestão da sustentabilidade necessita do comprometimento de todo o time. Portanto, venda a ideia de maneira concisa e inspiradora. Além de capacitá-los em suas respectivas responsabilidades, que tal motivá-los a buscar possíveis soluções que tornem a empresa mais sustentável?

É claro que existem diversos desafios a serem enfrentados, e mudanças que não são fáceis de ser implantadas.

Por outro lado, você já parou para pensar que simplesmente implantando a metodologia 5S, por exemplo, você já está inserindo uma prática sustentável e que gera resultados consideráveis?

Outra forma de começar a garantir que a gestão sustentável está, de fato, gerando os resultados esperados é utilizando um software de gestão.

Utilize a tecnologia a seu favor e documente tudo de forma organizada, acompanhe indicadores, abra planos de ação e os acompanhe, tudo de forma integrada.

Além disso, com o software de gestão, você qualifica de forma simples os seus fornecedores, garantindo parcerias que possuem responsabilidade ambiental e valores que vão de encontro ao da sua gestão.

Benefícios de adotar uma gestão sustentável

Dentre os principais benefícios de uma gestão sustentável, podemos citar:

  • Melhor posicionamento diante de um consumidor cada vez mais preocupado com questões sociais e ambientais;
  • Minimiza impactos ambientais e garante a preservação do meio ambiente;
  • Demonstra preocupação com a satisfação do consumidor e seus valores
  • Possibilita a conquista de certificações e garante a conformidade com normas, regulamentações, etc.;
  • Colabora com a vida do planeta como um todo.

Podemos dizer que a preocupação com o meio ambiente é a “moda” da sociedade atual, e tende a se intensificar no cenário pós pandemia. Seja como for, a busca pela sustentabilidade é uma luta de todos, e podemos dizer que tem se tornado também uma luta econômica. Já que empresas que não possuem tal preocupação, tendem a perder espaço no mercado.

Finalmente, estamos conseguindo nos conscientizar e enxergar o planeta como a nossa casa. Finalmente, estamos entendendo que cuidar e preservar a nossa casa é responsabilidade de todos.

Entender esse novo pensamento significa não só salvar o planeta, mas também em pensar na longevidade e prosperidade do negócio.

Não é tempo de fingir sustentabilidade para ter um marketing atrativo. Ao contrário, é tempo de entender o novo cenário e enraizar práticas realmente sustentáveis. Desde o chão de fábrica até a entrega do produto final nas mãos do consumidor.

Você já possui uma gestão sustentável? Se tiver alguma dica para compartilhar, deixe nos comentários, combinado?

Continue acompanhando os nossos conteúdos. Basta clicar aqui e assinar a nossa Newsletter que nós te avisaremos sempre que tiver algo novo por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *