fbpx

ANÁLISE SWOT EM 4 PASSOS!

ANÁLISE SWOT EM 4 PASSOS!

ANÁLISE SWOT EM 4 PASSOS!

A Matriz SWOT (ou FOFA) é uma ferramenta de planejamento estratégico que tem como objetivo analisar o cenário interno e externo.

Dessa forma, você identifica fatores internos, como por exemplo:

  • Strengths (Forças) – Equipe integrada e comprometida com a qualidade
  • Weaknesses (Fraquezas) – Falta investimento em novas tecnologias

Nesse sentido, as forças e fraquezas estão ligados à fatores internos da empresa que dependem da equipe.

Portanto é necessário fazer uma análise dos pontos positivos e negativos, para posteriormente implantar as ações necessárias.

E fatores externos, como por exemplo:

  • Opportunities (Oportunidade) – A empresa tem se destacado diante da concorrência
  • Threats (Ameaças) – Crise econômica

Neste caso, é necessário olhar para fora. Analisar os concorrentes, as necessidades do consumidor, a situação econômica do local onde a empresa atua, etc.

Ou seja, a metodologia trata-se em resumo, da análise do cenário interno e externo para desenvolver planejamentos e planos de ação, de forma minimizar riscos e aproveitar oportunidades.

Então vamos aos 4 passos para montar a sua SWOT:

swot

Objetivo da Análise SWOT

O primeiro passo para montar a sua SWOT é deixar claro qual é o seu objetivo. Ou seja, quais forças e fraquezas, oportunidades e ameaças você quer descobrir? Porque você precisa dessas respostas?

Por exemplo, para que fique mais claro, se a sua SWOT precisa ser preenchida com o objetivo de implantar melhorias no seu sistema de gestão da qualidade, você precisa responder perguntas referentes a este tema.

Neste caso, o seu quadro será preenchido com informações relevantes controláveis (fatores internos) e informações relevantes incontroláveis (fatores externos). Para, a partir daí, traçar o plano de ação e implementar as melhorias necessárias no setor.

Vamos usar um exemplo mais genérico, para simplificar ainda mais o entendimento. Você está montando o seu negócio e precisa ter uma visão geral do mercado.

Logo, precisa buscar informações sobre os seus concorrentes (para identificar as forças e fraquezas). Bem como, informações sobre o mercado atual e suas tendências (oportunidades e ameaças).

Enfim, já definiu seu objetivo e fez sua pesquisa? Então vamos ao próximo passo:

Identificação de fatores internos

Agora, você precisa definir quais são as forças e fraquezas que a sua empresa possui em relação aos concorrentes.

Por exemplo, digamos que você precisa montar uma Análise SWOT para o seu planejamento geral de negócios (Seguindo o mesmo exemplo do tópico acima). Neste caso, responda algumas questões relacionadas à fatores internos, tais como:

  • Infraestrutura da empresa;
  • Gestão e liderança;
  • Preço;
  • Valor percebido;
  • Tecnologia;
  • Qualidade e diferenciais dos produtos/serviços;
  • Nível de engajamento e satisfação dos clientes, etc.

Ao responder essas questões, automaticamente você identifica os pontos fortes e pontos fracos do seu negócio em relação ao mercado.

Prontinho, as forças e fraquezas já estão preenchidas! Vamos ao próximo passo:

Identificação de fatores externos

Chegou o momento de identificar as oportunidades e ameaças do seu negócio. Vamos continuar seguindo o exemplo do plano de negócios.

Nesse sentido, as questões a serem respondidas são basicamente os fatores da análise PESTEL, são eles:

  • Política
  • Economia
  • Fatores sociais
  • Tecnologia
  • Meio Ambiente
  • Questões Legais

Porque chamamos estes de fatores incontroláveis? Devido ao fato de se tratar de questões que não estão em nossas mãos e podem mudar a qualquer momento.

Nesse sentido, a pandemia do COVID-19 é um belo exemplo, pois afetou a economia e a sociedade como um todo.

Ou seja, as repostas que você busca aqui, tem a ver com nível de demanda, mudanças na política econômica do governo, leis vigentes, tecnologia disponível, etc.

Faça uma análise geral dos resultados e parta para o plano de ação!

Depois de ter o seu quadro SWOT totalmente preenchido, chegou o momento de analisar as informações e traçar o seu plano de ação.

É de extrema importância ter total sinceridade ao preencher todos os quadros, mesmo que isso signifique uma autocrítica para o seu negócio, certo?

Outro ponto importante, é ter bastante cautela com a confiabilidade das informações coletadas. Portanto, em última análise, retire do quadro tudo o que for baseado em “achismos”. Dessa forma, você obtém maior assertividade nas conclusões e no desenvolvimento do plano de ação.

Por último, utilize ferramentas tais como 5W2H e Ciclo PDCA para te ajudar a traçar o plano de ação com maestria e potencializar a produtividade e resultados alcançados com o uso da SWOT.

Quer dar início em sua Análise SWOT agora? Para te dar “aquele empurrãozinho” baixe aqui um material gratuito e editável que preparamos para você preencher.

Gostou deste conteúdo? Então fique ligado em todas as novidades do Blog assinando a nossa Newsletter.

Te vejo semana que vem :*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.