fbpx

Conheça os métodos de conservação de alimentos!

Conheça os métodos de conservação de alimentos!

Medidas de controle na segurança dos alimentos – Conheça os métodos de conservação

Primeiramente, a segurança dos alimentos está presente em nosso meio há muito mais tempo do que se pode imaginar. Entretanto, é difícil relatar o momento exato na história em que os métodos de conservação de alimentos começou a ser uma preocupação, mas sabemos que há muitos anos os primeiros elementos foram utilizados nesse sentido:

  • Sol;
  • Fogo;
  • Gelo.

É claro que, todas as técnicas, normas e legislações que conhecemos atualmente, foram surgindo em paralelo ao desenvolvimento tecnológico.

Contudo, fica claro que desde sempre existe a preocupação em consumir alimentos seguros, e mais do que isso, conservá-los pelo máximo de tempo possível.

É exatamente por isso, que este é um tema tão importante e necessário. As indústrias de alimentos carregam não só a responsabilidade de entregar alimentos de qualidade, mas de sanar uma necessidade básica com o máximo cuidado e segurança, prezando pela saúde do consumidor.

Nesse sentido, vale enfatizar que por um lado, os consumidores estão cada vez mais criteriosos e exigentes em seus hábitos de consumo. Por outro lado, a agilidade e praticidade tornou-se uma necessidade na rotina acelerada e corrida de grande parte das pessoas.

Dessa forma, o segmento alimentício tem o desafio de adotar métodos que conservem os alimentos por mais tempo, mantendo a segurança de consumo.

Diante desses fatores, resolvemos trazer aos nossos leitores, alguns dos principais tipos de conservação de alimentos. Vamos lá?

Conservação pelo uso do frio

Trata-se de um dos métodos de conservação mais utilizados, tanto para alimentos de origem vegetal, como também alimentos de origem animal.  Sua função é retardar a multiplicação de microrganismos e reações químicas/enzimáticas.

Exemplos:

  • Refrigeração;
  • Congelamento, etc.

Conservação pelo uso do calor

O uso do calor tem como objetivo a destruição dos microrganismos. As altas temperaturas impedem a multiplicação microbiana.

Exemplos:

  • Branqueamento;
  • Pasteurização;
  • Esterilização;
  • Secagem, etc.

Conservação pelo controle de oxigênio e água

Este método consiste na remoção da água do alimento. Dessa forma, através da desidratação, ocorre a redução das alterações dos microrganismos.

Exemplos:

  • Desidratação;
  • Evaporação, etc.

Conservação pelo uso de aditivos

Consiste na utilização de aditivos químicos que são inseridos no alimento com o único propósito de aumentar o seu tempo de vida.

Exemplos:

  • Ácido cítrico;
  • Nitratos e nitritos, etc.

Conservação pelo uso da radiação

Ao contrário do que você pode estar pensando, este método não torna o alimento radioativo. Através de uma quantidade controlada de radiação, é possível conservar as propriedades físicas do alimento, além de eliminar microrganismos.

Conservação pelo uso da defumação

A conservação pelo uso da defumação consiste na utilização da fumaça, que tem como função impedir a penetração de microrganismos no alimento.

Conservação pelo uso da fermentação

A fermentação utiliza o crescimento controlado de microrganismos selecionados. Nesse sentido, o objetivo deste método é inibir bactérias deteriorantes e alterar o sabor, aroma e textura do alimento.

Exemplos:

  • Fermentação alcoólica;
  • Fermentação lática, etc.

Por fim, vale ressaltar que todos os métodos de conservação têm como função aumentar o tempo de vida dos alimentos, mantendo a segurança do consumidor ao ingeri-los. Ou seja, utilizar-se da tecnologia para contar com o máximo de aproveitamento dos produtos, mantendo a sua qualidade.

Bom, espero que ter lhe ajudado a entender um pouco mais sobre os métodos de conservação de alimentos. Para fechar este conteúdo com chave de ouro, segue um material gratuito e editável para você:

MATERIAL EDITÁVEL GRATUITO DE ANÁLISE DE PERIGOS DE INSUMOS.

Para acompanhar todos os nossos conteúdos, não se esqueça de se inscrever em nossa Newsletter.

Beijos e até a próxima :*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *