fbpx

Fluxograma e mapeamento de processos – tudo o que você precisa saber!

Fluxograma e mapeamento de processos – tudo o que você precisa saber!

Fluxograma e mapeamento de processos – tudo o que você precisa saber!

Você sabe o que é mapeamento de processos? Bom, se você é da área de gestão, provavelmente não apenas sabe do que se trata, como entende a importância de implantá-lo no SGQ, certo?

Com isso, surge outra questão: O que é que o fluxograma tem a ver com o mapeamento? Existe alguma relação entre esses dois conceitos?

E a resposta é: SIM!

O fluxograma de processos é uma das formas mais comuns de mapear processos, devido a sua representação gráfica, que torna a identificação de cada etapa mais ágil e simplificada.

O que é mapeamento de processos e como garantir a sua eficácia?

De forma clara e objetiva, o mapeamento de processos é a representação sequencial de cada etapa das atividades que devem ser realizadas, contendo informações tais como:

  • Ações de entrada e saída;
  • Aspectos operacionais e administrativos;
  • Responsáveis;
  • Recursos;
  • Custos;
  • Metodologia;
  • Etapas, etc.

Dessa forma, é possível padronizar os processos e nutrir um time mais eficiente nas atividades que lhes são propostas.

Lembrando que é fundamental que antes de mais nada, seja realizada uma análise completa do contexto organizacional para entender as particularidades dos processos internos, a fim de tornar a sua aplicabilidade eficiente.

Para isso, algumas perguntas importantes devem ser respondidas, como por exemplo:

  • Porque mapear esse processo e qual é a sua criticidade?
  • Qual é o objetivo desse mapeamento de processo?
  • Quem são os envolvidos?
  • Quais são os riscos e oportunidades?

Outro ponto importante é sempre DOCUMENTAR. A única forma de acompanhar os resultados e tirar conclusões assertivas de todo processo, é documentando tudo o que for importante.

Além disso, para que as coisas se desenvolvam da maneira esperada, todo o time deve estar envolvido em executar seu papel. Se apenas uma peça estiver fora do lugar, todo o plano pode ser prejudicado.

Portanto, invista em uma boa comunicação, dissemine a importância da padronização e motive todos os envolvidos em suas devidas responsabilidades

Por fim, automatize.

Não há como falar em processos, padronização e gestão sem pensar nas diversas tecnologias que temos nos dias de hoje.

Estamos na era digital, e quem utiliza os recursos disponíveis com inteligência, dispõe de diversos benefícios, como: agilidade, assertividade, segurança, otimização da produtividade, dentre outros que você pode conferir clicando aqui.

Quais são os benefícios de mapear processos?

Dentre os principais benefícios do mapeamento de processos, podemos citar:

  • Identificação de oportunidades de melhoria;
  • Melhoria da comunicação;
  • Possibilidade de agir de forma preventiva frente a possíveis não conformidades;
  • Padronização das atividades;
  • Facilidade de entendimento das atividades por parte dos envolvidos;
  • Delimitação de funções e papeis;
  • Controle de custos e recursos;
  • Otimização da produtividade;
  • Padrão de qualidade dos produtos/serviços;
  • Aumento da satisfação de clientes;
  • Monitoramento dos processos, procedimentos e resultados obtidos, dentre outros.

Se você ainda não mapeia os seus processos, ou se tem dúvidas de como fazê-lo da forma correta e quer desfrutar dos benefícios dessa metodologia, acesse este modelo que preparamos para você gratuitamente:

MODELO EM WORD DE MAPEAMENTO DE PROCESSO.

Qual é a relação do fluxograma e mapeamento de processos?

A pergunta que ainda permanece é: O que o fluxograma tem a ver com tudo isso?

Bom, como já dito acima neste texto, o uso do fluxograma de processos é uma das formas mais populares de realizar o mapeamento. Com ele, você identifica de maneira facilitada cada uma das etapas do processo.

Existem três modelos bastante utilizados nesse sentido:

  • Fluxograma

Neste modelo, as etapas do processo são representadas através de formas e símbolos gráficos.

  • Fluxograma horizontal

Este é um modelo um pouco mais complexo onde as etapas do processo são descritas no eixo horizontal, enquanto os responsáveis pela execução de cada atividade aparecem no eixo vertical.

  • Mapofluxograma

No Mapofluxograma é possível visualizar todo o fluxo do processo juntamente com o layout da linha de produção.

E aí, qual desses se encaixa melhor para a sua realidade?

De qualquer forma, o que importa é entender que mapear os seus processos é fundamental para ter o controle de tudo o que acontece internamente e garantir o bom funcionamento do sistema de gestão.

Espero que este texto te ajude a ter uma visão clara, e que o modelinho em Word que disponibilizamos para você, possa facilitar o seu entendimento, e quem sabe, servir de guia para os seus mapeamentos.

Não deixe de acompanhar todos os conteúdos do Blog, se inscreva em nossa Newsletter clicando aqui e receba notificações sempre que tiver novidade por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *